Obrigada, Mucugê!

Obrigada, Mucugê!

Nos rastros das palavras chegamos e fizemos de Mucugê a nossa morada, abraçados pelo seu povo como membro de uma família que a cada ano só cresce. Somos muitos e a estes muitos queremos deixar o nosso agradecimento especial pela realização de mais uma edição da Feira Literária de Mucugê – Fligê.

A Fligê realizou nestes últimos dias 16, 17, 18 e 19 agosto não somente atividades de cultura diversas, ela viveu a cultura, moldou imagens, musicou versos e eternizou para sempre em nossas memórias momentos que jamais poderemos esquecer e que fazemos questão de serem lembrados, pois o nosso trabalho também é contribuir para a história.

A escolha da nossa homenageada não foi por acaso. Conceição Evaristo não é só uma grande escritora, mas, símbolo de resistência, de persistência e de vitórias que chegarão. Conceição é símbolo do Brasil e merecedora de todas as homenagens prestadas a ela, assim como, de se tornar a primeira escritora negra a ocupar uma cadeira de imortal da Academia Brasileira de Letras – ABL. Hoje, com muita alegria, podemos dizer que ela também é um símbolo da Fligê.

E é de símbolos, abstratos e concretos, de música e de versos, de palavras e de gente que se constrói um evento como foi a terceira edição da nossa Feira. Por isso, a nossa gratidão tem de ser estendida a todos que contribuíram com a realização deste evento, em especial, àqueles que nos cederam o seu lar para chamar de nosso também.

Deixamos aqui o nosso muito obrigado ao Governo de Mucugê nas pessoas do prefeito Manoel Luz e do vice-prefeito Professor Luizinho, assim como nosso abraço especial aos secretários municipais nas pessoas de Euvaldo Ribeiro Júnior, secretário de Cultura, Turismo e Meio Ambiente; Edson Novais, secretário de Governo; e Marilene Bastos, secretária de Educação e Esporte. Também agradecemos a participação dos estudantes e professores de Mucugê, presenças especiais para o sucesso da Fligê e as parcerias empresariais e institucionais que apoiaram a realização da Feira.

Vida longa à Fligê! Obrigada, Mucugê! Até 2019!

Ester Figueiredo – Curadora da Fligê

 

Fonte: Fligê