Prefeitura de Mucugê, adere ao chamado da UPB

Prefeitura de Mucugê, adere ao chamado da UPB

A União das Prefeituras da Bahia (UPB), reúne hoje (26/10/17), em Salvador, prefeitos e vice-prefeitos baianos e comitiva, além de deputados Estaduais e Federais desta Unidade Federativa, com o objetivo de chamar a atenção do Governo Federal para o caos estabelecido pela grave crise financeira e falta de repasses devidos aos municípios. O movimento intitulado “PRÓ MUNICÍPIO” busca mobilizar a sociedade e chamar a atenção para a situação de falência em que chegaram as prefeituras brasileiras.

Mucugê, que atravessa uma das maiores crises financeiras de sua história, por meio do Decreto n. 242/2017, aderiu ao chamado da UPB e busca fortalecer esse movimento. De acordo com o prefeito Manoel Luz, “os repasses diminuíram significativamente e a queda na arrecadação vem causando inúmeros problemas para a atual gestão”.

O Decreto atende ao chamado da Diretoria da União dos Municípios da Bahia – UPB, “conclamando todos os Prefeitos(as) para mobilização no dia 26 de outubro, às 08 horas, saindo da sede da UPB em direção à Assembléia Legislativa, onde será realizada uma sessão especial para discutir as demandas dos Municípios Baianos” e “considera que o objetivo da campanha é chamar a atenção do Legislativo Estadual e Federal para a situação financeira dos Municípios e sua gestão fiscal, mais precisamente quanto: a necessidade de reajuste dos repasses dos programas federais; a necessidade de retirada dos programas federais do cômputo dos gastos com pessoal; o gravíssimo corte de quase 100% no orçamento do SUAS para 2018 que representará uma redução drástica das políticas sociais distributivas e protetivas, comprometendo a manutenção de serviços importantes como CREAS, CRAS, Bolsa Família, etc.; a ínfima projeção de aumento do FPM para o ano de 2018, tão somente no importe de 3.95%”; além disso, considera, ainda, “a necessidade de edição de Medida Provisória para garantir aos Municípios brasileiros, auxílio financeiro no aporte de R$ 4 bilhões, a fim de possibilitar que as administrações municipais fechem as contas do ano de 2017”; …

De acordo o vice-prefeito Luizinho, “as dificuldades enfrentadas são imensas e a compreensão e paciência dos munícipes neste momento de crise é muito importante, pois, não está fácil para ninguém, todos os prefeitos estão se queixando dessa situação complicada pela qual atravessam as prefeituras”.

Avante, Mucugê, em boas mãos!

A imagem pode conter: céu

A imagem pode conter: 11 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé

Confira mais fotos em nosso Facebook, Clique aqui.