Em marcha histórica, UPB realiza o maior movimento de prefeitos já visto na Bahia

Em marcha histórica, UPB realiza o maior movimento de prefeitos já visto na Bahia

O último dia 26 de outubro vai ficar marcado na história do municipalismo baiano como o dia em que as prefeituras pararam. Para denunciar o descaso com os municípios, mais de 350 prefeitos fecharam as portas das prefeituras e seguiram em marcha na capital para pedir o apoio do legislativo e executivo estadual.

O movimento intitulado Pró-Município recebeu ampla repercussão da imprensa, foi capa de jornais e tema de reportagens de todas as emissoras de TV da capital e diversas do interior, além de gerar diversas entrevistas e comentários de rádio. Os sites e blogs regionais também cobriram o evento dando conta da adesão maciça dos prefeitos de todos os cantos do estado.

Além de apresentar à sociedade as dificuldades por quais passam os municípios para honrar compromissos e manter os serviços em funcionamento, a mobilização fez um alerta aos governos e parlamentares: os municípios estão em falência e cobram apoio. No próximo dia 22 de novembro, o mesmo entusiasmo será mantido na mobilização que acontece em Brasília para exigir da União o auxílio financeiro de R$4 bilhões, que permitam fechar as contas das prefeituras e repor perdas neste final de ano.

 

Capa do Jornal A Tarde

Capa do Jornal A Tarde

 

Sites do interior confirmaram adesão dos prefeitos ao movimento

Sites do interior confirmaram adesão dos prefeitos ao movimento

 

correio

Fonte: UPB